quarta-feira, 18 de março, 2009 - às 02:20 hrs.

Cultura e teatro direto do Vidigal



  

nos morro Cultura e teatro direto do Vidigal

O projeto cultural Nós do Morro é um movimento que tem origem no Centro Cultural Padre Leeb, organização localizada no morro do Vidigal. O intuito da é despertar na comunidade o interesse pelo teatro, e também suprir a carência de cultura e todas as formas de arte na favela, e comunidade do morro do Vidigal.

Fundado em 1986 pelo ator e diretor Guti Fraga, o movimento já reuniu vários atores que participaram em peças produzidas pela companhia, e produções cinematográficas como, por exemplo, o filme Cidade de Deus Cultura e teatro direto do Vidigal.

No período atual, já possui mais de cinqüenta pessoas envolvidas, dentre elas diretores, atores, autores, técnicos e colaboradores em diversas áreas. Ela ainda conta com cerca de trezentos alunos, todos advindos das comunidades, que participam das 20 oficinas oferecidas pelo grupo. Entre elas estão: interpretação, figurino, dança, literatura e cenário. Ao todo, são mais de vinte mil pessoas beneficiadas pela organização. O projeto é composto pelo fundador Guti Fraga, a diretora Zezé Silva, o autor e jornalista Luiz Paulo Corrêa, o iluminador e diretor Fred Pinheiro e o cenógrafo Fernando Mello da Costa.

Sucesso com temas cotidianos

O Nós do Morro também conta com parceiros como Petrobrás, o Ministério da Cultura e o Governo do Estado do Rio de Janeiro que incentivam a iniciativa e apóiam as peças teatrais realizadas nos teatros do Rio.

Devido ao grande sucesso que o movimento está alcançando, o objetivo também se mostra itinerante. Há atualmente a criação de núcleos relacionados a diversos tipos de artes, sendo a Dramática, apenas uma. De acordo com o diretor Guti Fraga, o objetivo está focado nos resultados, existindo a ambição de criar uma filial em Saquarema.

As peças produzidas são quase sempre de temática cotidiana aos moradores da comunidade. Em mais de vinte anos, o grupo se caracterizou por intercalar encenações de textos clássicos da dramaturgia nacional, com trabalhos de pesquisa de linguagem local, representando questões do dia-a-dia dos moradores.

Hoje graças ao projeto, o “Nós do Morro” não somente está conseguindo formar artistas, como também um numeroso público na comunidade do morro do Vidigal. As mostras de fim de ano ficam em cartaz de dois a três meses, chegando a alcançar a lotação máxima da casa.

Uma parte das atividades é realizada no Teatro do Vidigal, local construído pelo próprio grupo. O teatro fica Avenida João Goulart, 292 e o espaço foi cedido pela direção da unidade escolar da Escola Municipal Almirante Tamandaré. A outra parte fica no casarão, situado na Rua Olinto de Magalhães, Nº54, no Vidigal, Rio de Janeiro. Lugar onde são realizadas as mais variadas oficinas. Outras informações podem ser acessadas na página  nosdomorro.com.br.




Gostou? Então curta nossa fanpage!




Veja também:

Comentários




© 2007 - 2013, Portaldasnoticias.com. Todos os direitos reservados. Reprodução sem autorização explícita é proibida.

Política de Privacidade |

wau